Fique em dia com a gente e concorra a prêmios

Saiba como evitar acidentes com a energia ao utilizar aparelhos celulares

Dispositivo foi responsável por 17 mortes no Brasil em 2019

Aparelho que se popularizou nos últimos anos, o celular virou item indispensável e está sempre à mão. Aparentemente inofensivos, os smartphones podem provocar acidentes graves e até mesmo fatais com a energia elétrica. De acordo com a Associação Brasileira de Conscientização dos Perigos de Eletricidade (Abracopel), em 2019 foram registrados 34 acidentes com celulares no Brasil, que resultaram em 17 mortes. Diante desses dados, a Equatorial Energia Alagoas faz o alerta e orienta a população em como utilizar o dispositivo com segurança.

O engenheiro eletricista da Equatorial, Rodolpho Ribeiro, reforça que não se deve utilizar os celulares quando estiverem ligados na tomada. “Manusear os equipamentos durante o carregamento, pode provocar superaquecimento da bateria e no circuito interno do dispositivo, principalmente em celulares que possuem a opção de recarga rápida ou “turbo”, devido à grande quantidade de energia utilizada nesta ação, o que pode provocar acidentes. Como é difícil ficar sem mexer no celular, a orientação é desligar o aparelho enquanto estiver carregando até que a sua carga fique completa”.

Ribeiro alerta que é preciso ter atenção também ao local escolhido para carregar o equipamento. “Um erro bastante comum é carregar o celular em cima da cama ou embaixo do travesseiro. Em caso de princípio de incêndio, esses materiais queimarão com facilidade e propagarão as chamas a outros ambientes. O correto é realizar o carregamento do aparelho numa superfície lisa, distante da cama, em área arejada e sem a capinha de proteção. Às vezes, a tomada mais próxima fica perto da cama, porém, neste caso, o celular deve ser deixado carregando no chão”.

Confira abaixo mais dicas de segurança:

  • Só utilize carregadores originais. Apesar do preço atrativo, os carregadores de marcas paralelas podem danificar os celulares e expor o usuário ao risco de choque elétrico, explosões e princípios de incêndio;
  • Se precisar atender a uma chamada ou enviar uma mensagem enquanto o celular estiver carregando, desconecte-o da tomada. O mesmo vale para carregadores portáteis (“powerbanks” e capas carregadoras);
  • Evite carregar o celular em ambientes úmidos, como banheiro, cozinha ou próximo a uma piscina. A água é uma boa condutora de eletricidade e faz com que os riscos de curto e de choque elétrico aumentem;
  • Atenção ao uso do famoso “T” (benjamim) para carregar o celular e ligar outros equipamentos eletrônicos. A utilização do objeto pode dar origem a um curto-circuito ou princípio de incêndio, se houver sobrecarga na instalação elétrica. O correto é usar filtro de linha como opção para ligar vários aparelhos ao mesmo tempo;
  • Depois que carregar o celular, retire-o da tomada e guarde o carregador em um local seguro, longe do alcance de crianças.

A Equatorial orienta ainda que se alguém for vítima de choque elétrico, não se deve tentar tocar na pessoa que está recebendo a descarga. A melhor forma de ajudar é desligar o disjuntor ou a chave geral e ligar para emergência no 193 ou 192.

Assessoria de Imprensa da Equatorial Energia Alagoas

Mais facilidade na palma da sua mão.

Baixe agora o App da Equatorial Energia na sua loja de aplicativos.