Chegou o PIX Equatorial. Aproveite essa facilidade.

Saiba como acompanhar e controlar o consumo de energia elétrica do seu imóvel

Equatorial explica a importância de observar o uso diário de equipamentos para evitar o desperdício de energia

Ao receber a conta de luz no final do mês é comum muitos consumidores observarem apenas o seu valor final, em R$ (reais). Com o objetivo de orientar os alagoanos como acompanhar e controlar o consumo diário de eletrônicos e eletrodomésticos, a Equatorial Alagoas separou dicas valiosas que podem contribuir com a mudança de hábito e com uma fatura compatível com o seu orçamento.

Com o medidor, equipamento instalado na unidade consumidora dos clientes, é possível verificar a leitura direta do consumo. A gerente de relacionamento com o cliente da Equatorial, Patrícia Moraes, explica a importância dos consumidores estarem cientes de como é feita a leitura e como o consumo pode ser acompanhado.

“Vale lembrar que o valor da conta está diretamente relacionado aos hábitos de consumo e a utilização de equipamentos. Estamos no verão, umas das estações mais quentes do ano e com esse aumento da temperatura, é normal que a população passe a utilizar com mais frequência alguns eletrodomésticos, sem falar nos equipamentos que, com aumento do calor passam a consumir mais energia, que é o caso da geladeira. É pela soma do consumo de todos os aparelhos que são utilizados no cotidiano, que chegamos ao valor final da conta de luz, lembrando da tarifa e também dos impostos e da contribuição de iluminação pública (CIP)”, destaca a gerente.

Como realizar o cálculo?

Para os alagoanos que desejam calcular o consumo médio de energia (kWh) de um equipamento de acordo com o seu hábito de uso, o primeiro passo é procurar a potência do aparelho no manual do fabricante. Em seguida, para verificar o consumo de cada aparelho basta utilizar a seguinte fórmula:

CONSUMO (kWh) = (Potência (W) x nº horas de uso por dia x nº dias de uso por mês) ÷ 1000

É importante ficar atento ao funcionamento de equipamentos que “ligam e desligam” periodicamente como: ar condicionados, geladeiras, freezers, ferro de passar roupas, máquinas de lavar, entre outros.

Para encontrar o valor mensal em reais basta multiplicar o consumo médio em kWh pelo valor da tarifa cobrada pela concessionária no estado, determinada pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), que pode ser encontrada na fatura de energia elétrica junto também aos impostos.

A distribuidora explica ainda, que o cliente também tem acesso ao consumo anterior, verificando o campo “dados de leitura” que consta na fatura de energia. Para obter o quanto já foi consumido até o exato momento, basta confirmar o consumo anterior fazendo a subtração do valor que consta no medidor. 

Veja um exemplo: vamos supor que o consumo da sua última data de leitura foi 6636 e hoje o consumo que está apresentando no medidor está em 6660. Sendo assim, da última leitura até o momento foram consumidos 24kWh.

Lembrando que conforme a resolução normativa 1000/21, existe para cada tipo de ligação um mínimo de consumo a ser cobrado mensalmente, para o caso de ligações monofásicas esse mínimo é estabelecido em 30 kWh/mês.

Segurança

Na hora de realizar a leitura no medidor, é essencial que o cliente tome todos os cuidados mantendo a distância do equipamento e de seus acessórios. Em nenhuma hipótese o cliente deve tocar nos fios, condutores e partes metálicas do medidor.

Contribuição de Iluminação Pública

Outro fator importante, está relacionado à cobrança da Contribuição para Iluminação Pública – imposto atrelado à manutenção e consumo da iluminação pública, destinada às prefeituras. Cada município estabelece os respectivos valores e sua forma de cobrança. Nos casos em que a contribuição é equivalente ao consumo, quanto mais se gasta energia mais se paga pela iluminação pública também. A arrecadação é repassada às Prefeituras.

Veja abaixo a tabela com uma estimativa de consumo médio mensal de eletrodomésticos de acordo com um uso:

http://www.procelinfo.com.br/main.asp?View=%7BE6BC2A5F-E787-48AF-B485-439862B17000%7D

Assessoria de Imprensa da Equatorial Alagoas

matéria publicada em 02/02/2022

Mais facilidade na palma da sua mão.

Baixe agora o App da Equatorial Energia na sua loja de aplicativos.