Chegou o PIX Equatorial. Aproveite essa facilidade.

Operação Caetés: Polícia Militar com o apoio da Equatorial flagra furto de energia em chácara na Barra de São Miguel

Energia desviada e não faturada poderia atender 50 residências para um mês inteiro

Nesta quarta-feira (9), uma ação integrada de combate ao furto de energia foi realizada na Barra de São Miguel, pela Secretaria de Segurança Pública, através de equipes da 5ª Companhia Independente de Marechal Deodoro com o apoio da Equatorial Alagoas. Denominada “Caetés”, a operação identificou, por meio da inspeção da Distribuidora, o furto de energia elétrica em uma chácara onde funciona um restaurante e outras atividades às margens da Lagoa do Roteiro.

Na ocasião, um funcionário do local foi conduzido à delegacia da Barra de São Miguel para os trâmites penais legais junto a Policia Civil. De acordo com informações repassadas pela equipe de fiscalização da Distribuidora, que atuou junto da Polícia Militar na operação, foi constatado que o medidor da unidade consumidora foi deslocado do seu ambiente padrão para outro local distante à cerca 100 metros.

Durante a investigação, foi constatado o desvio nos condutores antes de chegarem ao medidor de energia, entre o transformador e o local do medidor, fazendo com que o consumidor controlasse o registro da energia que passava pela medição. A energia desviada estimada era em torno de 8.000 kWh, o suficiente para atender em torno de 50 residências por um mês inteiro.

A Equatorial Alagoas reforça que o furto de energia elétrica, conhecido também como “gato” e ao ato de fraudar medidores, classificado como estelionato, são crimes previstos nos artigos 155 e 171 do Código Penal Brasileiro. Por isso, a importância do combate e inibição dessas práticas para manter a qualidade da energia elétrica distribuída aos alagoanos, sem que haja prejuízo, como oscilações e possíveis interrupções aos clientes em situação regular, além de ocasionar diversas consequências para a empresa e para o estado.

Como denunciar o crime?

As denúncias de ligações clandestinas e irregulares podem ser feitas anonimamente na Central de Atendimento da Equatorial por meio do telefone 0800 082 0196 ou no site al.equatorialenergia.com.br. Ao acessar o site oficial, o cliente terá acesso a uma área para fornecer dados sobre a situação, como por exemplo: endereço, município, código único a ser denunciado, número do medidor de energia, pontos de referência e também o espaço conta com a opção para anexar imagens e vídeos que possam auxiliar na análise do caso. Depois de registrada no sistema, uma equipe será encaminhada para realizar a inspeção.

Assessoria de Imprensa da Equatorial Alagoas

matéria publicada em 10/03/2022

Mais facilidade na palma da sua mão.

Baixe agora o App da Equatorial Energia na sua loja de aplicativos.