Fique em dia com a gente e concorra a prêmios

Ar-condicionado: Saiba como economizar energia elétrica durante o verão

Equatorial Alagoas dá dicas de como evitar desperdícios energia com o aparelho neste período

Para aliviar o calor alagoano neste período do verão, muitas pessoas recorrem aos aparelhos de ar-condicionado. No final do mês, o equipamento que traz tanto conforto pode se tornar um grande vilão e representar um gasto significativo no valor da conta de luz. Por isso, a Equatorial Alagoas destacou algumas dicas que vão desde a escolha do produto na hora da compra até a forma correta de utilizar a máquina.

É importante observar alguns aspectos na hora de decidir o tipo de equipamento que será adquirido. “Deve-se observar a dimensão do ambiente, a quantidade de pessoas que farão uso para comprar os aparelhos de ar-condicionado com a potência adequada para o ambiente. Caso contrário, isso poderá trazer problemas para o equipamento, aumentando custos com manutenção e consumo de energia, além de demorar mais para resfriar o cômodo”, afirmou Rodolpho Ribeiro, engenheiro eletricista da Equatorial Alagoas. 

Na hora da compra é essencial a escolha por eletrodomésticos que possuam o Selo Procel ou que são classificados na categoria “A” do Inmetro, eles gastam bem menos energia. E também verificar se eles têm sistema inverter, tecnologia pouco conhecida, que possuem controle de acionamento do compressor, o que impede o chamado “liga e desliga”, ato que provoca mais gasto de energia. Dessa forma, quando o aparelho atinge a temperatura ideal, ela se mantém constante, resultando em menor consumo de energia.

“Os condicionadores de ar inverter normalmente são de valor mais elevado do que produtos convencionais, porém são muito mais econômicos. Além disso, eles apresentam baixo nível de ruído e ainda utilizam gás ecológico que não agride a camada de ozônio. Então, é importante avaliar o orçamento pessoal e se for possível, priorizar a aquisição de equipamentos com essa tecnologia. Eles gastam bem menos energia. A economia comparada a um ar-condicionado convencional pode ser de até 40%”, enfatiza o engenheiro.

A instalação de ar-condicionado deve ser feita por profissionais qualificados, uma vez que se instalado incorretamente, problemas como alto consumo, baixa produtividade e ineficiência no resfriamento podem ser observados. O aparelho deve ficar em local alto, para ajudar no fluxo do ar e ser ligado em um disjuntor separado, para proteger os circuitos elétricos. Assim, se a intensidade da corrente elétrica for maior que o normal, ele desarma automaticamente e preserva o aparelho.

Outra recomendação é quanto a parede onde o equipamento será instalado. O ideal é que não fique diretamente exposto ao sol. No caso do modelo Split, quanto mais próximo a condensadora ficar do aparelho, melhor. Isso também ajudará na redução do consumo de energia. 

Depois de instalado, é necessário ter cuidado com a forma de utilizar o equipamento. Com o calor, as pessoas tendem a manter os aparelhos de ar-condicionado ligados por mais tempo e com temperaturas mais baixas. Isso leva a um aumento do consumo de energia. Nesse caso, o recomendado é manter a temperatura do aparelho entre 23º e 25º e programar o desligamento automático 30 minutos antes de sair do ambiente.

Quando o ar-condicionado estiver em uso, mantenha as portas e janelas fechadas, para evitar sobrecarga quando aparelho tiver trabalhando para esfriar o ambiente. Se for dia, feche cortinas e persianas. Elas evitam que o calor dos raios solares aqueça o local.

Para equipamentos mais antigos, faça manutenção preventiva e mantenha o filtro sempre limpo. Os filtros sujos impedem a circulação livre do ar e forçam o aparelho a trabalhar mais. O ideal é fazer a limpeza regularmente, a cada seis meses.

Usar a energia elétrica de forma responsável e sustentável é a melhor forma de economia.

*Assessoria de Imprensa da Equatorial Energia Alagoas*

Mais facilidade na palma da sua mão.

Baixe agora o App da Equatorial Energia na sua loja de aplicativos.